Blog da Pós

Comunicação empresarial: veja as melhores práticas

Comunicação empresarial: veja as melhores práticas

A comunicação empresarial é um recurso estratégico adotado pelas corporações para ter um melhor relacionamento com os empregados e os demais segmentos do público-alvo. Ela não é usada somente para transmitir informações sobre as atividades de uma marca, mas também para promover o engajamento dos funcionários e dos consumidores.

Com a expansão da internet, essa comunicação se tornou ainda mais necessária para as empresas. Afinal, o tempo de resposta, a uma demanda e a qualidade dos dados fornecidos são primordiais, por exemplo, para evitar uma crise que pode afetar a reputação do negócio.

Neste post, abordaremos as modalidades dessa comunicação e como o LinkedIn pode ser aproveitado para aperfeiçoá-la, tornando o trabalho mais produtivo. Confira!

Fique informado sobre os tipos de comunicação empresarial

Veja, a seguir, os tipos de comunicação empresarial e entenda um pouco mais sobre eles.

Interna

A comunicação interna é de extrema relevância para uma organização prestar melhores serviços. Os funcionários devem ser convencidos de que a organização está no caminho certo para atingir ou manter uma posição de prestígio no mercado.

Sendo assim, é importante apostar em mecanismos que facilitem o fluxo de informações e o contato entre funcionários e gestores. Hoje, muitas empresas utilizam várias ferramentas para interagir com os colaboradores, como:

  • intranet;
  • jornal mural;
  • e-mail;
  • informativo mensal;
  • TV corporativa.

É fundamental que os conteúdos desses veículos apresentem informações coerentes e que ajudem os empregados a ter uma postura melhor na empresa. Dessa maneira, a comunicação é peça-chave para aumentar a produtividade, além de reduzir os ruídos e erros. 

O ideal é que a equipe de comunicação tenha um bom relacionamento com o Recursos Humanos (RH) e as demais unidades da companhia para abordar assuntos que sejam de interesse dos funcionários e contribuam para melhorar o ambiente organizacional.

Externa

Sem dúvida, ter uma boa comunicação interna permite a uma empresa ter mais condições de ser competitiva. Por outro lado, o público externo também precisa receber informações relevantes sobre as ações de uma instituição.

Por isso, é importante contar com uma equipe composta por jornalistas, publicitários e relações-públicas. Esses profissionais são capazes de elaborar conteúdos e de gerenciar as demandas dos stakeholders com maestria.

Além das redes sociais, é possível trabalhar com outros mecanismos para interagir com fornecedores, clientes e a população, como:

  • site corporativo;
  • blog corporativo;
  • newsletter;
  • jornal externo;
  • revista.

No âmbito interno e externo, a comunicação empresarial deve ser trabalhada com bastante planejamento para que as ações sejam executadas corretamente e atinjam os resultados esperados.

Entenda como aproveitar o LinkedIn

O LinkedIn se diferencia das demais redes sociais porque apresenta um foco totalmente direcionado para o mundo corporativo. Ou seja, os conteúdos devem priorizar o crescimento profissional e oportunidades de emprego.

Na comunicação interna, essa rede social pode ser adotada para formar grupos de discussão com a presença dos funcionários. Essa medida permite que os assuntos da empresa possam ser debatidos de maneira mais ampla e versátil.

É positivo, ainda, que todos os funcionários sigam a página corporativa no LinkedIn. Essa iniciativa mostra engajamento e ajuda a disseminar os conteúdos publicados pela empresa.

Com relação ao público externo, essa rede social é interessante para divulgar processos seletivos e publicar textos e vídeos que reforcem o posicionamento da marca e mostrem como são os procedimentos de trabalho.

A comunicação empresarial é uma ferramenta estratégica para uma organização fortalecer o relacionamento com os stakeholders. Ela precisa ser gerenciada de forma cada vez mais profissional para que as metas sejam batidas.

Se você quer ficar informado sobre maneiras de engajar a equipe, vale a pena conhecer o curso de gestão de pessoas nas organizações. Esteja sempre aberto a novas experiências para evoluir profissionalmente!