Blog da Pós

Como fazer boas apresentações: 3 dicas para você mandar bem

Como fazer boas apresentações: 3 dicas para você mandar bem

O receio de falar em público aflige muitas pessoas e, geralmente, inicia-se na escola e se estende até a faculdade. Entretanto, com a chegada da vida profissional, saber como fazer boas apresentações é uma necessidade.

Discursar diante de uma plateia, apresentar um novo projeto à diretoria ou um produto/serviço aos clientes… A realidade é que não dá para fugir dessas ocasiões no ambiente de trabalho.

Isso sem contar que uma boa apresentação pode definir vários aspectos da sua trajetória profissional. Se você tem dificuldade de falar para um grupo de ouvintes, fique tranquilo! Trouxemos 3 dicas que podem tornar essa tarefa mais tranquila. Acompanhe!

1. Entenda o seu público

Fazer uma boa apresentação depende diretamente do conhecimento sobre o perfil das pessoas que ouvirão o que será falado, e pode até ser fácil quando há um público menor, como a diretoria da empresa. Porém, para quem tem dificuldades de se expressar publicamente, isso não é tão simples e chega a assustar.

Nessas situações, torna-se indispensável chegar antecipadamente e questionar os clientes sobre o perfil dos espectadores — idade, onde moram, se são casados, suas preferências de lazer etc. Essas informações servirão como um fio condutor para quebrar o gelo e estabelecer uma conversa mais amena.

Além disso, permitirão a composição de um diálogo objetivo, bem como ajudarão o profissional a subir no palco com mais segurança.

2. Conheça o conteúdo que será apresentado

A dica pode parecer óbvia, mas não é incomum ser pego de surpresa e ter que fazer apresentações sobre temáticas que você não tem um conhecimento tão aprofundado assim.

Embora o ideal realmente seja dedicar horas ao preparo de um bom roteiro, seguir um esquema para a organização do conteúdo também pode ser a salvação para as ocasiões que surgem de maneira inesperada.

Coloque no papel as questões referentes à apresentação — exemplificação, demonstração do tema, argumentação e conclusão. Estude bem cada uma e faça uma revisão dos principais pontos antes de iniciar a sua fala.

3. Não tenha medo de correr riscos

Evitar correr riscos não protege quem tem dificuldade de falar em público, e muito menos garante boas apresentações. A falta de inovação pode fazer a exposição de conteúdo relevante se transformar em um momento entediante e pouco significante para a plateia.

Não tenha medo de chamar a atenção dos seus ouvintes. Use técnicas que tornem a palestra ou apresentação mais divertida e interessante. Humor na medida certa e tecnologias inovadoras devem fazer parte da estratégia.

E se você errar, esquecer alguma frase que havia planejado ou ter qualquer atitude equivocada, não deixe que isso atrapalhe o andamento da sua performance. Continue a apresentar normalmente! O importante é ter um plano B para administrar os eventuais imprevistos e não se abalar com as situações inesperadas.

Esperamos que essas dicas tenham ajudado você a descobrir como fazer boas apresentações e se sentir mais seguro ao falar em público. Utilize as estratégias certas para construir um bom planejamento e, dessa forma, contorne os seus maiores desafios.

Achou o conteúdo interessante e quer continuar recebendo novas informações sobre carreira profissional? Então, curta a nossa página no Facebook e fique atento às nossas postagens. Esperamos por você!