Post

5 erros que comprometem a liderança de equipe

5 erros que comprometem a liderança de equipe

Gerir pessoas é uma missão árdua e complexa. Por isso, quem está na liderança de equipe deve investir em treinamentos de habilidades interpessoais, autoconhecimento e no aprimoramento das competências exigidas para gestão de colaboradores. Quando o líder não está preparado, pode cometer erros que comprometem não só a sua performance, mas também a do time e da empresa como um todo.

Muitas vezes, os erros do líder acontecem por maus hábitos, falta de conhecimento ou devido ao estresse. Para evitar isso, é importante ver a liderança de equipe como um processo de aprendizado permanente, no qual você pode melhorar o seu desempenho diariamente.

Quer otimizar a sua atuação enquanto líder? Descubra, abaixo, quais erros evitar para manter a sua equipe mais engajada e eficiente!

1. Dificuldades de comunicação

Em uma equipe, cada colaborador tem uma função, sendo necessário delegar tarefas. Mas, não é porque cada um tem a sua responsabilidade, que o líder pode distanciar-se emocionalmente do grupo — condição que causa uma sensação de abandono, fazendo com que cada um aja por si só e resulte em um trabalho sem harmonia e qualidade.

Para que isso não ocorra, o líder deve criar canais de comunicação e explicar como utilizá-los, como intranet, chats, e-mails específicos, ou deixar a porta da sua sala aberta para que os funcionários sintam-se mais à vontade para tirar alguma dúvida, quando houver necessidade. Também, é preciso manter-se próximo, questionando o andamento das atividades e colocando-se à disposição para ajudar.

2. Não dar feedback

Para que a sua equipe entregue aquilo que se espera dela, os seus membros devem estar conscientes do que o seu líder quer. E isso só se torna possível quando existe a cultura do feedback, ou seja, fornecer retornos sobre o desempenho coletivo do time e individual de cada colaborador.

O feedback sobre o grupo pode ser dado em público, já em se tratando desempenho individual, procure conversar de maneira privada, para não constranger ninguém. O ideal é apontar os aspectos positivos e negativos da atuação do colaborador e também mostrar-se aberto para ouvi-lo. Essa troca de visões ajuda no melhoramento do ambiente de trabalho para todos.

3. Priorização de funcionários

Sentir-se preterido é uma das maiores causas de desmotivação dentro das empresas. Afinal, por que alguém se esforçaria e daria o seu melhor, em cada projeto, se apenas uma pessoa vai receber o reconhecimento do líder? Sendo assim, tome muito cuidado para não priorizar funcionários.

Deixe claro e demonstre, por meio de atitudes, que todos os colaboradores têm um papel importante dentro da equipe e são essenciais para o cumprimento do trabalho. Valorize os resultados alcançados por todos e, se der gratificações, opte por aquilo que possa beneficiar o grupo inteiro, como cursos de atualização, por exemplo. 

4. Guardar conhecimento

Por medo de ser substituído por alguém mais talentoso e competente, muitos líderes deixam de compartilhar conhecimento. Porém, essa postura que só mostra insegurança, instabilidade emocional e inexperiência Além de impedir a evolução da equipe, visto que os funcionários não têm acesso às informações que poderiam facilitar e melhorar a qualidade do trabalho.

Portanto, seja um compartilhador de conhecimentos. Dessa maneira, você ajuda as pessoas a solucionarem problemas e ainda as estimula a fazer o mesmo, permitindo maior sintonia e cooperação entre a equipe.

5. Não ser exemplo

O comportamento dos funcionários é o reflexo das atitudes do seu líder. Não adianta ter um bom discurso, mas não aplicá-lo na prática. Tenha em mente que o líder deve ser um exemplo e servir de inspiração para quem está ao seu redor — fator indispensável para gerar engajamento.

Diante disso, mantenha a coerência entre as suas falas e ações. Lembre-se que você é observado o tempo todo pela sua equipe e ao apresentar o comportamento apropriado para o seu cargo, terá mais credibilidade para cobrá-la no dia a dia.

Para que a liderança de equipe seja mais acertada, é fundamental aprimorar a sua capacidade de gestão de pessoas continuamente, não só aprendendo com os erros no cotidiano, mas também realizando cursos e especializações que aprimoram as suas competências nessa área.

Quer ser um líder de sucesso? Veja esse e outros motivos para fazer um curso de pós-graduação em gestão estratégia de pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *