Blog da Pós

Posso escolher uma pós-graduação diferente da minha área?

Posso escolher uma pós-graduação diferente da minha área?

Depois de vários semestres, diversas provas e muita paciência, finalmente você concluiu a faculdade. O que fazer em seguida? Uma pós sempre é uma ótima opção, mas nesse momento podem surgir dúvidas, principalmente para quem pretende escolher uma pós-graduação que não segue a área de estudos original.

Muitos podem achar que é um grande desafio querer um complemento acadêmico que não corresponde ao ramo que foi estudado inicialmente, mas isso não impossível — e nem se trata de um bicho de sete cabeças!

Para você que está com um pé atrás na hora de escolher uma pós em um novo segmento, continue conosco e entenda o que é melhor para você:

Entenda os tipos de pós-graduação

Antes de qualquer coisa, é preciso entender que existem dois tipos de pós-graduação. Verifique as diferenças:

Lato sensu

As pós-graduações do tipo lato sensu são as de especialização. Ou seja, são aquelas que incluem cursos como os MBA’s — Master Business Administration, que duram em média 360 horas e o aluno recebe um certificado, não um diploma.

Além do mais, os lato sensu são abertos a alunos diplomados em cursos superiores, desde que atendam às exigências específicas de cada instituição de ensino.

Stricto sensu

Já uma pós stricto sensu pode ser um mestrado ou um doutorado. E como a lato sensu, é aberta a qualquer um que já tenha finalizado um curso superior e atenda às exigências. Mas, ao final do curso, o aluno recebe um diploma.

É possível que todos os tipos de pós sejam feitas à distância ou no formato presencial. Apenas tenha em mente qual é a melhor opção para o seu caso.

Saiba os prós de se escolher uma pós-graduação diferente

Muitos estranham pessoas que possuem conhecimentos em áreas aparentemente “sem conexão”. Contudo, é possível que tais formações agreguem ao profissional o que ele precisa exatamente para exercer com excelência sua profissão.A pós-graduação, nesse sentido, é muito importante para que o aluno adquira novos conhecimentos.

Ter uma mente vasta de informações dá um valor a mais para qualquer carreira, seja para aplicar na atual área, seja para tentar novos pontos de vista — e até mesmo mudar de ramo. Especialistas afirmam que esse tipo de situação é mais comum do que se imagina.

Tenha em mente seus objetivos

Para trazer eficácia ao ato de escolher uma pós-graduação diferente do seu atual ramo, é necessário que haja algum mínimo de lógica. Afinal, você investirá tempo, recursos e dedicação. Além disso, precisará conciliar estudo e trabalho, na maioria das vezes.

Para tudo dar certo, é muito importante ter autoconhecimento, a fim de definir seus objetivos e missões de vida. Nesse cenário, saber respostas a questões como “Quer abrir o próprio negócio?”, “Quer viajar pelo mundo?” e “Quer um emprego que lhe proporcione boa renda?” é essencial.

Se a pretensão é ter o máximo de conhecimento possível, pelo menos tenha um caminho pensado, para que você não se perca no meio da viagem. O que não pode é desistir por querer adiar as oportunidades, por falta de coragem ou pela opinião alheia.

Gostou de saber mais sobre os motivos para escolher uma pós-graduação diferente da sua área original? Então curta a nossa página do Facebook e acesse mais conteúdos como esse!