Blog da Pós

Pós-graduação: 5 fatores para considerar ao escolher um curso

Pós-graduação: 5 fatores para considerar ao escolher um curso

Com mais pessoas tendo acesso ao ensino superior, o diferencial para os profissionais passou a ser a pós-graduação. Seja para aperfeiçoar sua carreira, para conseguir promoções na empresa ou para mudar de área, essa qualificação é importante para investir na sua carreira.

Escolher uma pós não é algo simples. MBA, mestrado profissional, lato sensu e stricto sensu — quanto mais se pesquisa, mais complicado fica! Por isso, resumimos aqui tudo que você precisa saber para escolher a pós certa a partir de 5 fatores. Dê uma olhada!

1. Os seus objetivos

Toda formação que fazemos depois de nos graduarmos é uma pós-graduação. Da especialização ao pós-doc, as diferenças são muitas. Cada tipo de pós atende a uma demanda, como inserção e aperfeiçoamento profissional ou aprofundamento científico.

Qual é o seu objetivo com uma pós? É ele que guiará sua escolha. Também é necessário conhecer um pouco cada tipo de pós para poder escolher a melhor. Vamos conferir então.

2. O tipo de pós-graduação que você procura

Stricto sensu

A separação básica que se faz na pós é entre cursos stricto sensu e lato sensu. Stricto sensu, “sentido estrito” em latim, são pós-graduações que dão diploma. Resumindo, elas são:

  • Mestrado: mais voltado para pesquisa e ensino acadêmico, costuma pedir projeto de pesquisa, apresentação de dissertação e banca examinadora. Sua duração média é de 2 anos;

  • Mestrado profissional: apesar de ter muito em comum com o anterior, é voltado para o mercado — logo, não pede dissertação ou estágio docente;

  • Doutorado: ainda mais acadêmico, pede estágio docente, apresentação e defesa de tese. A avaliação do projeto é mais rigorosa e o curso dura 4 anos. O pós-doutorado, ou pós-doc, não é uma titulação, logo não dá diploma.

Lato sensu

Lato sensu, ou “sentido amplo”, é composta por todos os outros cursos que não dão diploma, mas sim certificados. Aqui entram:

  • Especializações: cursos de duração variada que têm como foco uma área estudada na graduação. Funcionam muitas vezes como maneira inserção no mercado. São oferecidas por instituições variadas, logo avalie bem antes de escolher!

  • Master of Business Administration (MBA): é também uma especialização, mas voltada para gestão e liderança. Em geral é indicada para pessoas que já estão no mercado, pretendendo assumir cargos administrativos.

3. Os requisitos e disponibilidade do curso

Não importa qual pós você escolha, sempre haverá demanda de tempo e energia. Seja totalmente presencial, educação a distância (EAD) ou ensino híbrido, não há curso que cobre pouco. Conciliar estudo com trabalho, com família ou com viagens é complexo.

Fatores a ter em mente são:

  • duração das aulas e do curso;
  • bolsa (no stricto sensu);
  • chance de estudar online e no local (salas, bibliotecas);
  • carga e densidade do conteúdo.

4. A aplicabilidade do conhecimento

Escolha uma pós cujo conteúdo possa ser aplicado para alcançar seus objetivos. Assim, o que você estudar na pós terá ligação com a sua realidade e fará sentido para sua vida e trabalho.

Porém, esse é um fator difícil de determinar. Em geral, as pós sempre são enriquecedoras, e uma hora ou outra encontramos como aplicar o que aprendemos.

5. O momento certo

Para decidir quando fazer a pós, é válido rever alguns pontos. Qual é a disposição da sua empresa? E da família? Consulte o seu chefe, pois isso pode até adiantar uma promoção.

Não abandone a ideia caso não tenha tempo ou disposição da empresa ou da família. Você sempre poderá se matricular num curso, pois não há tempo-limite para se aperfeiçoar.

Esse foi só um resumo do que avaliar para escolher uma pós-graduação. Ficou na dúvida? Quer discutir mais cada um dos pontos? Deixe um comentário no post! Ajudaremos você a ver o melhor caminho para atingir o sucesso!